Translate (tradução)

sábado, julho 11, 2009

LIBOLO VULGARIZA D’AGOSTO APESAR DO EMPATE

Foi diferente ouvir um jogador do Recreativo do Libolo afirmar, no fim do jogo frente à equipa militar do Primeiro de Agosto, que o resultado, empate a um golo, “sabe à derrota”, já que o objectivo da equipa libolense eram os três pontos.

Há bem pouco tempo o normal seria ver os jogadores de equipas como a do Libolo transbordantes de alegria por terem conseguido um empate em Luanda. Por isso, apesar de o “tout puissant” 1º de Agosto ter vencido o jogo da primeira volta do Girabola 2009 em Calulo, este empate e as afirmações do jogador da equipa do município cafeícola do Kuanza-Sul mostram "um leão sem rugido", daí que ninguém mais o teme, até mesmo o lanterna vermelha, Académica do Lobito, com quem perdeu por 0-1.

Com o empate desta tarde (11.07.09) na cidadela, em Luanda, os militares nem souberam aproveitar o empate do líder Petro de Luanda, a zero, diante do Santos, nem o deslize do segundo classificado, Académica do Soyo, frente ao Interclube (2-0), mantendo-se a diferença pontual em relação ao líder de 13 pontos (31-44).

Assim sendo, d’Agosto e Académica do Soyo somam 31 pontos, o Libolo e o Benfica de Luanda têm 29 pontos e disputam a ascenção à segunda posição.

Com a questão do título já há muito arrumada a luta vê-se renhida pelo alinhamento da segunda posição à despromoção ou disputa da liguilha, já que há fortes hipóteses de o próximo Girabola contar com 16 equipas, disputando as três últimas classificadas da presente edição uma liguilha com os segundos classificados dos três grupos de apuramento ao campeonato nacional de primeira divisão.

O CD Huíla e o 1º de Maio, ambos com 16 pontos, e a Académica do Lobito, com apenas 7, são de momento os candidatos à despromoção ou disputa da liguilha.

PRÓXIMA JORNADA: Rec. Libolo-Desp. Huíla; ASA-Ac. Lobito; 1º de Maio-Ac. Soyo; Bravos Maquis-Interclube; Petro Luanda-Benfica Luanda; Kabuscorp-1º Agosto e Rec. Caála-Santos FC.

Luciano Canhanga

2 comentários:

mafegos disse...

Luciano
As equipas de Benguela e Lobito estão para descer e tal como em Portugal há aí qualquer coisa que não esta bem.A zona Lobito Benguela vai fazer um estadio para o Can e para o ano esse maravilhoso estadio poderá ficar fora do girabola?
Em Portugal isso também aconteceu e agora esses estadios estão as moscas.
Já não basta o meu Ara da Gabela ter desaparecido e pelas noticias que vou tendo não vejo melhoras,depois temos as equipas do Huambo fora dos grandes palcos e um Petro campeão a muito anunciado,sera que a culpa é desse Bernardino Pedroto?

MESU MA JIKUKA disse...

Já está definido que o próximo Girabola contará com 16 equipas, disputando as três últimas classificadas da presente edição uma liguilha com os segundos classificados dos três grupos de apuramento ao campeonato nacional de primeira divisão. Há hipóteses ainda para a académica e de Maio.