Translate (tradução)

sexta-feira, junho 05, 2009

AMANTES DE LOVE OU DO D'AGOSTO?


Mal o neófito "pastor" dos Palancas Negras, o português Manuel José, lançou à luz os nomes da pré-selecção que estagia no Algarve (Portugal) para o embate amistoso frente à Guiné de Sekou Touré, cercaram-se-lhe vozes "lovísticas" discordantes que o amaldiçoaram de todos os cantos e formas possíveis por ter deixado de fora o Love de suas vidas futebolísticas.

Entendo que uma seleccção faz-se com os homens do momento e nisso estamos todos de acordo. Apenas inquietou-me a imensidão do "barulho" feito à volta de Love que com mais calma percebi que não era apenas o Love. Havia gato com rabo de fora.

Vejamos: Bastará um pouco de atenção para notar que a nata do jornalismo desportivo angolano esteve/está directa ou indirectamente ligada ao defunto JDM, afecto ao clube militar angolano, do qual sairam os actuais expoentes máximos e formadores da nova geração de escribas e oradores dos audio-visuais que falam de desportos.

Se quisermos analisar com mais frieza ainda notaremos que quer Love quer David (que é do Petro) estavam/estão em condições semelhantes: inicialmente fora da convocatória, ambos lideram a lista dos melhores artilheiros do Girabola, sendo o primeiro jogador dum clube apurado à fase de grupos da taça CAF e o segundo a militar na equipa que lidera o campeonato nacional. Ambos foram repescados pelo técnico português que alegou desconhecimento do estado de forma dos atletas...

Por que se terá falado tanto da ausência de Love na selecção do que do seu colega David (referenciado apenas nas boleias de Love)?

A resposta é simples: Muitos fingiam morrer de amor por Love quando na verdade é o D'Agosto que esteve/está em jogo, ou seja, o seu Love é/era pelo 1o de Agosto.

Luciano Canhanga

2 comentários:

Esqueci-o disse...

Oí Luciano, achei muito estranho que como "amante" de futebol, não tenha dedicado uma única linha ao "feito" do Santos FC na arena international. Já imaginou se fosse o Libolo????!!!!

MESU MA JIKUKA disse...

Ao Esqueci-o
Caro amigo,
Recebi e digeri a crítica construtiva. Realmente faltei com um dever que é publicitar os gfeitos do Santos e do D'Agosto nas afrotaças. Qualquer equipa nacional, por mais que não nos simpatizemos com ela, sempre que represente o país está a representar-nos a todos.
Viva ao D'Agosto e ao Santos pelas brilhantes conquistas.
Explico-me agora:
Muitos do smeus textos são intemporáis e escrevo-os com antecedência em relação à data da publicação que é automática (na data aprazada). Aquando dos jogos do Santos e D'Agosto eu estava de férias na fazenda e sem net. Sairam publicados os textos que já estavam escritos e programados para sairem nas datas em que sairam ao público.
Porém nada desculpa a falha.
Muito obrigado pela atenção.
Um abraço e mantenha-se sempre atento.