Translate (tradução)

quarta-feira, junho 01, 2011

ALGUÉM (OU)VIU POR AÍ A SENHORA NGWITYUKA JOSEFA MATIAS?

A notícia sobre a existência de uma suposta filha do Presidente (Angola) fez furor nos media privados e no espaço público de Luanda e doutras cidades. Ao Semanário Folha 8 coube o privilégio de a avançar em primeira mão, envolvendo a associação de assitência jurídica "Mãos Livres".

Na altura, Ngwityuka Josefa Matias, de 46 anos de idade, apresentava-se  como primeira filha do presidente angolano resultante de uma suposta relação  com Elisabeth Kaenje, ao tempo que o antigo diplomata do MPLA andou  no Congo Belga (Leopoldoville). A senhora afirmava, com todas as letras, ser "filha do pai Edú", tendo dito ainda que os contactos entre os progenitores (a mãe já falecida) cessaram com a ida do "pai" à URSS para estudos superiores.

Ngwityuka não ficou por aqui e, entre outros ditos na entrevista publicada pelo Folha 8, afirmou igualmente que ela e seu filho mantinham contactos com o irmão mais velho do pai e muitos dos primos, faltando-lhe apenas "apertar o ombro do pai", sonho que esperava e reclamava realizar.

As afirmações da senhora tiveram inclusive a reacção do Chefe de Estado que na ocasião negou, em entrevista a TPA, a paternidade da senhora, apelando à reclamante a provar que era de facto sua filha mediante um teste de DNA. " Pelo Congo terão passado muitos Edú´s e a senhora tem de ter paciênia e continuar a procurar pelo seu pai biológico", disse a certo momento da entrevista o Presidente Eduardo dos Santos.

Adocicados os ouvidos, passa o tempo e nem água vai, nem água vem da parte da reclamante e do "ofendido". Um teste de DNA, fácil de fazer nos tempos que correm (me parece que até Angola já os realiza), seria o exame final para ver de que lado pende a razão.

De um caso,embora familiar, de que se esperava mais debate e acompanhamento por parte da media que o trouxe a público, caiu-se num autêntico sistema polar (tudo gélido).


Afinal de contas quem faltou com a verdade? 

É que nem a família do cidadão Eduardo dos Santos veio a público informar os passos jurídicos efectuados para levar a burladora a fazer contas com a justiça, nem Ngwityuka reapareceu para dizer que já está em família. E o tempo passa!