Translate (tradução)

segunda-feira, maio 30, 2011

NA "VILA NOVA" LIXO SUBSTITUI PARQUES INFANTIS

Vivo próximo de um espaço baldio onde, na ausência de contentores, a população deposita de forma indevida e desrespeitosa para com os vizinhos os restos da sua acção diária. Refiro-me ao bairro Vila Nova do municipio de Viana, Luanda. Para precisar é próximo à padaria CAMEHA.

O que noto todos os dias é devereas preocupante: Criancas de ainda tenra idade fazem da lixeira o seu parque para diversões. Vão catando sei lá o quê e correndo atrás de passarinhos que aproveitam o campinzal para "colorirem" com seus chilreios o que ainda resta de bom.

Os menisnos, rapazes e algumas raparigas também, e ainda alguns adultos que se parecem a dementes embora não o sejam (apenas são pobres e sem nada para comer) povoam a lixeira todo o dia o que desperta a atenção de qualquer adulto com algum sentimento.

Que tal se fosse colocado naquele terreno baldio de aproximadamente 400m2 um parque ou uma escola?
 - Desapareceria o lixo e ganhariam algo de bom as crianças da Vila Nova de Viana.

2 comentários:

Qalil.Helen disse...

Eu não entendo por que o lixo não é melhor tomar cuidado nas nossas cidades. Eu nasci e cresci em Kampala, Uganda e do lixo não está ficando fora de mão! Eu me pergunto se nós depositamos esse lixo em frente das casas dos Prefeitos, que iria finalmente chegar a dica!

Soberano Canhanga disse...

Olá Helen,
Seria bom que os prefeitos ou administradores (como se designam em Angola) soubessem/provassem do amargo que é ter o lixo à porta!