Translate (tradução)

segunda-feira, agosto 18, 2008

ENQUANTO ANGOLANOS DORMEM CHINESES "DEVORAM" TARTARUGAS


Fixe o seu olhar sobre a imagem. O animal que se tenta esconder num saco de ráfia é uma jovem tartaruga marinha, capturada na costa de Luanda ou noutra próxima da capital. A viatura em que seguiam um cidadão nacional e um chinês foi vista parada na estrada Deolinda Rodrigues, junto ao mercado dos congoleses, na tarde do dia 14 de Agosto de 2008.

Perante a aflição, o animal ainda conseguiu rebentar o saco e evadir-se da carrinha. Mas o chinês e o seu ajudante angolano, que ia ao volante, lá pararam para comprar outros sacos, a fim de poderem esconder a tartaruga dos olhos dos patriotas angolanos.

Apenas duas frases se puderam captar do ajudante do chinês que não quis se identificar: que o animal não era dele e que não sabia qual o destino certo da tartaruga, se o estômago dos chineses ou a China. O angolano disse ainda que era a segundo animal do género que transportava, a pedido dos chineses ao serviço da GNR e com instalações em Viana.

Casos como esses não devem ser isolados por toda Angola. Abate de animais em risco de extinção, delapidação de minerais preciosos, entre outros bens dos angolanos. Populares que vêm do Ebo, província do Kuanza-Sul, contam que determinadas zonas cujo acesso era, desde o tempo colonial, proibido aos autóctones, são hoje as predilectas dos chineses que mergulham com sacos trazendo areias das profundezas do rio.

Será esse o “preço adicional da reconstrução”, ou enquanto dormimos os chineses vêem-se com tudo, até para devorarem as nossas tartarugas?

Luciano Canhanga

7 comentários:

Anónimo disse...

Nem vou comentar....
Isto é uma coisa horrivel. Uma grande falta de respeito pelas tradições Angolanas e pelos Angolanos.
Imaginem um Angolano na China a faltar ao respeito aos Chineses?
Obgt. Luciano!
São sabugueiro

mãos disse...

oi mano, acontece as 17.30h do dia 22 de agosto.

contacto d telemovel da Rosa Langa 00258 82 43 58 400

Anónimo disse...

Texto re-publicado no blog http://serradachela.blogspot.com

Canhanga disse...

Artigo publicado no semanário Cruzeiro do Sul, edição de 27 de Agosto de 2008.

BAAB disse...

Bom dia,

Lamento informá-los mas a tartaruga apresentada na fotografia não é uma tartaruga marinha!

A tartaruga da fotografia é uma tartaruga de água doce do género Cycloderma.
Estas tartarugas vivem em rios, lagos e lagoas e podem ter até 60 cm de carapaça.
Pode ser parecida com uma tartaruga marinha, mas se consultarem websites sobre
tartarugas marinhas poderão ver que são consideravelmente diferentes.

Estas tartarugas de agua doce estão em baixo risco de extinção, ao contrário das tartarugas marinhas,
no entanto, obviamente que se continuarem a capturá-las desenfriadamente poderá vir a acontecer o mesmo a estas espécies de tartaruga de água doce.

Qualquer dúvida estarei a disposição.

Betânia Ferreira

Research and Conservation Assistant
Sea Turtle Project of Northern Angola
Wildlife Conservation Society

BAAB disse...

Gostaria só de corrigir um erro meu.
Esta e' de facto uma tartaruga de agua doce mas da espécie Trionyx triunguis e pode atingir 1,20 de carapaça.


Betânia

BAAB disse...

Gostaria só de acrescentar que estas tartarugas não estão em risco de extinção nem listadas em nenhuma lista de espécies em perigo.
Betânia