Translate (tradução)

sexta-feira, novembro 20, 2009

O FIM DAS AULAS E A ROUBALHEIRA DOS COLÉGIOS


O ano lectivo em Angola vai até à última semana de Novembro, para o ensino primário (classes de passagem), e primeira semana de Dezembro, para as classes de exame do ensino geral.

Numa altura em que se avizinha o Natal, comemorar o dia de família com um mínimo de bens é o que as famílias almejam. E nessa luta uns se esforçam em poupar e outros em amealhar, ainda que de forma fraudulenta. É o que se passa com os colégios de ensino privado de Luanda.

Tenho três filhos que frequentam dois colégios. Com a mensalidade de Novembro saldada na primeira semana, ambos os colégios decidiram notificar-me para pagar a propina do mês de Dezembro até ao dia 15.11.09, sob pena de os meus filhos serem expulsos das instituições que frequentam e vedados aos exames/provas finais.

Embora os alunos que terminem o ano lectivo em Novembro não devessem pagar a propina de Dezembro, para mim não há grande problema em desbloquear a verba solicitada para "contribuir para a festa dos professores" que tb merecem um natal razoável. O "big problem" é mesmo terem de cobrar antes de se "consumir" e ameaçarem expulsar os alunos a partir do dia 15.11.09, mesmo com o mês de Novembro pago e ainda a meio. Há por aqui alguma incongruência que o Ministério de tutela deve resolver. Ou as cobranças anárquicas não lhes chega aos ouvidos?
_ Se não, aqui fica a prova do que muitos "sem voz" reclamam em surdina.

7 comentários:

Anónimo disse...

Quem é que nao tem voz?

quem te fez de porta-voz daqueles que nao têm voz?

Anónimo disse...

com quinze mil que pagas, equivalentes a 150 dollars, ainda estás a reclamar? Estudos gratis é na pública.

Anónimo disse...

Como vai o Mundo dos Vivos...
Pelo que percebo, se é que percebo alguma coisa, a questão é:
Se o mês de Novembro está pago, até ao fim do mesmo não pode haver direito a expulção. Pague-se o que se pagar. Só haverá obrigatoriedade ao pagamento de mais taxas.
1º - A taxa de matricula para o novo ano lectivo. ( caso o aluno continue a frequentar o colégio) e o pagamento do mês de inicio das aulas.
2º - Se o colégio entende ser curta a taxa mensal, então tem o direito de proceder ao aumento; Mas os encarregados de edudação têm igualmente o Direito a decidir, se seus filhos ficam ou não nesse colégio.
Têm o direito de aceitar ou não os ditames da direcção do colégio.
Bem mas isto é onde há liberdade e Democracia!
Valha-vos N`Gana-Zambe!
São sabugueiro

Anónimo disse...

Concordo consigo. em primeiro lugar são 10 meses lectivos, foi acordado no início do ano que é assim, mesmo que os nossos filhos estão nos colégios e 150$ ñ é dinheiro para alguns há pessoas na vida como eu que fazem planificação orçamental da família, por exemplo, o meu filho está na iniciação, o seu ano lectivo acabou dia 13 de Novembro, agora respondam-me porquê que tenho que pagar a propina de Dezembro, se ele ja ñ vai a escola? e o colegio ameaça que quem ñ pagar ñ será inscrito próximo ano. infelizmente o nosso país tá assim, os donos do colégio são os que poderiam tornar isso melhor, mas ñ lhes convem, mas sim a desorganização para melhor encherem os bolsos, por isso é dificil considerar que temos uma classe média com esses níveis de vida que nos impõem.

Anónimo disse...

Quem nao quer pagar o mes de Dezembro que o filho dele vai para a Escola do Estado.

Esqueci-o disse...

Tambem por causa de mentes como a desse anomino, eh k o roubo e a corrupcao estao "institucionalizados" no pais. Rsrsrsrss
O Capitalismo tambem tem regras, e o SELVAGEM, nao vos levara a lugar nenhum, pois este tambem vai falir.

Soberano Canhanga disse...

E não é que o colégio apenas se esmerou em receber o dinheiro esquecendo-se de respeitar quem lhe pagou?
Os meus filhos têm a pauta em branco, alegadamente por não ter o mês pago... Que brincadeira! Ou é retaliação?
As notas de depósito e recepção dos borderoux pelo colégio estão comigo...