Translate (tradução)

quinta-feira, março 02, 2006

Viva a Mulher

Nos tempos do Viva Fulano, hoje, seria um dia de comícios longos em todo o país, com os Vivas que só uns conservam na memória.

Viva Camarada Irene,
Viva Camarada Deolinda,
Viva Camarada Engrácia,
Viva Camarada Lucrécia e
Viva a Camarada Mulher do Comissário municipal ou comunal.

Hoje, 2 de Março, e como estamos no ano de 2006, com tudo mudado, quero sair da sala e gritar apenas pela brecha da Janela.

Vivam todas as mulheres angolanas
Vocês merecem!

Recebam por isso, as flores que não vos dei.


Por: Soberano Canhanga

3 comentários:

Duvalle disse...

e viva a poesia, as palavras, os gestos e ...
os homens claro, como tú.
porque permitem que os dias sejam mais bonitos, mais profundos, muito mais dias.

beijo grande, adorei

A.DuValle

Cristina Miranda disse...

Camarada Luciano muito honrada me senti ao ter recebido sua msg de felicitaçoes pelo dia das camaradas mulheres angolanas....ainda bem que ainda existe um camarada como tu que nos lembra com tanto carinho...pois naqueles tempos já idos ou seja dos vivas....podiamos nao ter tantos cargos no governo mas eramos bem lembradas quanto mais nao fosse pelo simples facto de sermos umas meras camaradas hoje em dia os nossos homens nao lembram esse promenor ou contam-se pelos dedos aqueles que sao como tu querido camarada estarei sempre a considera-lo mesmo na frente de combate...
os meus mais respeitosos cumprimentos saudacoes e a luta continua pela igualdade de direitos e paz.

Anónimo disse...

ainda bem que a um africano que reconhece a dignidade da mujer.em geral, e pena encontrar africanos como os guineenses, concretamente como edson joao araujo saldanha e o seu irmao Helmer que consideram que as mujeres so sao criadas, quecas e lixo a quem podem mentir e roubar sem remorcos porque nimguem se importa com uma mulher .
obrigada