Translate (tradução)

sexta-feira, março 03, 2006

TROCA DE POSICOES


Quando num país tudo o que era principal passa à alternativa, é de admitir...

Imaginem que a TPA mesmo com o seu canal Bis passou a alternativa cedendo o primeiro lugar à Multi-escolha.

Os geradores, que eram alternativos, passaram a número um trocando com a EDEL.

Os carros cisternas trocaram de posição com a EPAL que virou alternativa.
Os autocarros públicos perderam o lugar cimeiro para os kandongueiros. São agora alternativos.

As casas de câmbio e os bancos comerciais perdem contra a eficiência das kinguilas.

As conservatórias e os serviços oficiais do Estado perdem lugar para os falsificadores do Palanca e do Pau Grande do Cazenga no tratamento de documentos essenciais.
E há tantas e tantas troca de posições. Será que só o olhoatento vê isso?


Por: Soberano Canhanga

3 comentários:

MN disse...

O amigo sabe cascar e bem… Gosto da forma como nas entrelinhas passa a mensagem, assim como quem não quer nada…
Vou postar este post nos desabafos…
Abraço amigo

Edson Macedo disse...

Esqueste-te de mencionar a forma como a tropa presidencial consegue arrumar a desordem do trânsito melhor que a polícia de trânsito. Esqueceste de dizer que as calçadas oferecem melhores condições para se ir buscar água já que nas torneiras o tal do precioso não consegue chegar.
Para um país que tem nos BI´s um símbolo da República completamente diferente do original isso não é de admirar.

Anónimo disse...

pela primeira vez comento uma das sua scascadelas, e prometo que de agora em diante será um comentador do quotidiano.
Agoa, esta das trocas é que é demais. Aqui trocam-se tudo e mais alguma coisa. O governo central deveria descentralizar o poder político, dando mais autonomia aos governos privinciais, para não mais falar dos pobres administradores municipais e comunais...

Kakulo menha