Translate (tradução)

segunda-feira, maio 09, 2005

"Olho Atento", Edição nº 3 de 3 de Maio

Folha de actualidade sarcástica
Director: Soberano, LC.
Edição nº: 3
Preço: E.1
.............
O sapato ideal para o jornalista
Canhanga e Alex são exemplos.
Conta-se que a pastagem em terrenos espinhosos e acidentados e ainda caminhadas sob o sol ardente, quando ainda não existiam estradas asfaltadas nem passagens subterrâneas, terão levado o homem a “vestir” o pé.

De tempos imemoriais aos nossos dias são também imemoriais os progressos que a sapataria obteve e os tipos de sapatos à disposição do homem para o tipo de exercício que desenvolve, área de residência ou habitação, entre outras finalidades e especificidades.

Entre nós jornalistas, há também inúmeros tipos de sapatos. Uns conseguidos na feira, outros em lojas de calçados como “o Guimarães” e outros ainda directamente de um sapateiro de esquina, ou mesmo um aventureira de couro na mão.

O tipo de calçados a expor numa possível amostra iriam do "suja-alcatifa" do Canhanga, à sola seca do Borges. Do desportivo do Helmer, às sandálias da Hulda, aos canos do Alex.

Um caso para se dizer que “há na turma bué de sapatos”. Mas é sobre este último tipo que quero falar.

Também se conta que o clima gélido do norte terá levado à fabricação de botas. No Brasil e América dizem que foi motivada pela pecuária. Ou seja a prática de “Cow boyísmo”.

Será o nossso Alex um Cowboy? -Se for, então, "O olho" pede a contribuição de todos quando chegar a segunda tranche que contribuam Cinquenta Euros cada um para que o colega possa ir cavalo a Cabo Verde

Dormir
Talhados para mesmo destino
Carol e Teutónio parecem terem sido talhados para um mesmo destino. Dormir à vontade durante as aulas.

Não é que não se durma. Mas de forma tão velada só o Dênde e o “director da boca” que já têm no diploma de participação uma observação: “Especialistas em dormir ao longo das aulas”.

Carol e Teutónio fizeram-se quarta-dfeira de substitutos legais do “lavra de algodão” quando este fuga às aulas.

“O olho” elogia o exemplo e apela que passem a dormir em vez de 45% das aulas o equivalente a 50% das mesmas.

Nota dez!

PSP no D.Manuel I
Angolano pode ser indiciado por perturbação de sono

Um dos sete angolanos residentes no Hotel Dom Manuel I pode ser indiciado por crime de desordem pública, ou seja por perturbação de sono. O também radialista de uma privada luandese optou por instalar uma "discoteca e sala de vídeo" no quarto do hotel, ignorando os apelos de vizinhos que são "obrigados a não pregar o olho".


PUBLICIDADE: Não passe fome: Há usura com baixa taxa. Ligue já 964819696

5 comentários:

Anónimo disse...

Pelo atrevimento e crimer por difamação, o editor do jornal *O OLHO* foi hoje parar as barras do tribunal.
Luciano Canhanga, foi acusado de fazer ronda peloa quartos do hotel Dom Manuel I, vasculhar a vida alheia e difamar. Canhanga que já havia sido ameaçado pelo Zé Neto por tais práticas, tem como advogado de defesa um Moçambicano de origem duvidosa.
Canhamga, está a ser julgado por tribunal internacional de Lisboa, cuja missão é julgar estrangéiros que cometam crimes neste País.
Segundo o Juíz presidente do TIL, o aguido doderá pegar penas como a onbrigatoriedade da devolução da segunda tranje, e o repatriamento imediato sem haveres.



ass/CB.

Preto indígena disse...

Que bom que assim fosse. Pena, grande pena mesmo é que nem a comentadora, nem os que ameaçam o nosso director sabem o que perdem.

Anónimo disse...

Quanto a viagem do Caro Irmão e compatriota ALEX gostava de contribuir para que matasse as saudades de cavalgar, mas como o posso fazer, não publicaram o numero da conta. Gostaria que a publicassem pois poderiamos tambem incentivar mais pessoas para esta causa que não só é humanitaria, mas tabem reflecte um poco do que aprendemos, a COOPERAÇÃO SUL -SUL.

Anónimo disse...

Conta bancára é trablhosa.Deposite debaixo da porta nº802.Ser´´a bem entregue.

Anónimo disse...

Pelo que eu saiba, o quarto do Homem que precisa de contribuição para regressar a Cavalo, não é residente no nº802.Por favor não criem burlas no final do curso pois, os que nos patrocinaram não irão custear Burlas última da Hora, avise que quer burlar ai terasa resposta. Vamos entregar em mão o valo da contribuição ao camarada ALEX.

A comunidade Solidaria