Translate (tradução)

quinta-feira, outubro 11, 2012

LAMBA LYEZA: NOS TRICICLOS

Os meus filhos chamam as motorizadas triciclos por "avó chegou" em alusão a minha mãe que os aluga quando vem do campo para levar os "kibutos" para os netinhos.
Contabilizados 15 passageiros
 
Na Lunda Sul são conhecidos por "tá maluca" devido ao andar saltitante que põe os passageiros em "chinguilos", como que possuídos de espíritos doutro mundo.
 
Adquirir uma dessas motorizadas é para muitos sinínimo de elagria. São uma boa fonte de arrecadação. São capazes de transportar 600 Kg, segundo o fabricante, mas por cá (Lunda Sul) chegam a levar uma tonelada de peso. Zango Lyeza (alegria chegou): dizem os familiares dos que entram na lista dos possuidores de "tá malukas ou Nafa cyame" (minha morte(, como são também apelidados pelas população.
 
Porém, quando o objecto para o qual foram fabricadas não é cumprido, como o transporte de passageiros, e com excesso de lotação, a expressão vem ser outra: lamba lyeza (a tristeza/preocupação chegou).

E não têm sido poucos os motivos para tristezas causados pelos condutpres destes veículos automóveis, com o registo, duma só vez de 15 mortes num acidente. Todos os dias vêm-se imagens como esta nas estradas da Lunda Sul. A polícia está aí apenas para ver, esquecendo-se da sua função preventiva.

Sei que aqueles que transportam e se fazem transportar nestes triciclos e de forma perigosa, fazem-no por carência de meios. Também sei que não há moral que resista ao estómago vazio, mas a segurança das pessoas deve estar acima de tudo!
Depois não venham a lamentar "lamba lyeza"!

1 comentário:

"Soberano" Canhanga disse...

Também publicado na revista Azulula de Jul-Set. 2012