Translate (tradução)

sexta-feira, setembro 01, 2006

AS PERGUNTAS DE SETEMBRO

Depois de duas semanas de muita "Fesada" com bebícios e comicios, inclusive de líderes de ONG's a assumirem de forma aberta e velada o activismo político... Surge agora o Setembro do Heroi Nacional, uma data e festa plasmada no calendário.
_Será desta que Os ensinamentos do guia imortal da revolução angolana serão recordados?
_Teremos a Fundação Sagrada Esperança transformada em FAN (Fundação Agostinho Neto) e a fazer barulho e realizações à dimensão do seu patrono?
_ Neto está presente ou esquecido pelos políticos da Actualidade?
Deixe aqui a sua impressão

5 comentários:

greentea disse...

já não estou em Angola há vários anos mas vou acompanhendo sempre...

Quem poderá responder a essa e outras questôes ???

rmc disse...

Eu penso que na política, embora não seja o meu forte, as coisas acontecem um pouco como na fisica, nada se esquece, tudo se transforma. Com isso passamos a transformar, muitas das vezes, os conceitos, os feitos e as vontades dos outros (ausentes), nas ideias dos presentes.
As pessoas com feitos enormes, os grandes Homens da nossa história também não podem ser esquecidos, serão sempre recordados, por ambas as partes, quer como homens de bem para alguns como maus para outros... mas assim é a história humana, sempre foi e será que mudará algum dia?

Bianco disse...

Meu caro Kanhanga

Grato pela pergunta pertinente. Acho eu que devemos unir esforços para acabar com a confusão entre o estado, partido e agora as supostas ONG's, fundações e não só, que demostraram serem outra coisa.

Kyalanda Peterson disse...

Olá amigo
Boas perguntas! Eu e minha amiga Mathaya fomos a UNAP assitir a exposiçao ªO Arqitecto e as Artesª, eu sinceramente ri-me do tema bem forjado, rsss... esse culto me cansou, paginas de jornal, telejornal completeo, bem pensado e NETO, o poeta, o politico da independencia? queira deus que sobre espaço para ele.

Paulo Duda disse...

Eu penso que os feitos de Neto não devem de alguma forma serem esquecidos.
Mas também é preciso dizer que num país como Angola onde tudo é possivel acredito que os bajuladores como considero alguns responsáveis de ONG´s e até mesmo políticos estão mais preocupados em enaltecer a figura de JES talvés porque esteja vivo.
Neto como já não cá está não há preocupações da parte destes(bajuladores)em enaltecer a figura do nosso primeiro presidente.
Como eles próprios dizem "JES é que está dar"