Translate (tradução)

quinta-feira, outubro 06, 2005

Crónicas para minha Mana I

Crónicas para minha Mana

Kota. Perguntaste-me na tua mensagem como estávamos.
‘Tamos a viver. Com os nossos mortos que choram todos os dias, menos chuva que lhes molha e menos gatunos que lhes roubam os caixões e até vestimentas.

‘Tamos também a trabalhar com toda danificação possível da alma e do espírito. Parece que me enganei. Não são mesma coisa alma e espírito. Sei que a kota entende.

Aqui em Luanda José Educa já disse ao Soma kurva "fica só calmo põe mais mulher na lista e vou já tirar Libertina Ama kuacha da Nguvulação". José Educa disse também no Soma kurva para não lhe “ameaçar” mais porque vai já remodelar outros kwachas que não lhe estão agradar mais no poder.Então, ou Soma kurva aumenta mulher na lista para José educa tirar Ama kwacha da saúde ou no gurn da UNITA não se toca mais.

Na UPA também o velho Colder ‘tá pedir mais dinheiro. É isso mesmo, mais massa, kumbú.
Quer já pensão vitalícia para não se meter mais no “viva, viva ou abaixa, abaixa”. Parece vai mesmo se retirar. O comité nuclear dele já elegeu também o burro-ó político. E Sanzala é chefe de Educação e quadros. Há outros nomes desconhecidos.

Mana também ainda não te contei que o irmão do mano Samuel Avenida me ameaçou.
Entrujaram-me que ele viria para ler o comunicado da diáspora e quando um Fenula desconhecido estava já a ler com bué de palmas que lhe estavam a bater, fui perguntar ao Velho Paulo quem era. Ele mentiu-me mais que era o Samuel Avenida. Foi aí que irmão dele que ouve a nossa rádio mais do que a directora, ficou já foribundo porque meteram nome do kota dele na confusão. Até escapou mesmo já se meter no ringue com Kizembo. Mas era só no telefone. Quando cheguei contei-lhe toda verdade verdadeira do entrujamento que me meteram no congresso do "bilo" e ele ficou manso, mansinho, calmo que nem cãozinho com frio. Era só truque dele.

E a propósito mana, esses irmãos da Fenula gostam mesmo do "bilo" Era todos dias. Porrada, mais porrada, até mesmo decisão não estavam a tomar bem. Até que Wilma Tontém da intermediação lhes propôs um Nguvulo só de dez meses para o Velho Colder e fazer outra reunião de eleição. Lucas Ngoné ficou Primeiro adjunto e Angola Kabou ficou segundo. No lugar de secretário-geral meteram lá Chico Mentes. Dizem que cargo dele era igual no governo de Lucas Ngoné. Este, continua mesmo bué Ngoné porque quer ganhar, mas parece estava para perder com aqueles velhos todos a seguir no rasto do Colder.

Perdeste, mana, esses bilos todos da Fenula, mas estás ‘mbora a ganhar com as ele-sons da América. Conta-me depois, mana.

Tchau e diz-me agora onde estás, mana, para eu saber também. E depois guarda esta carta para me dizer quê que a mana está a achar da minha brincadeira. Aliás, desculpa-me, mana, porque com kota não se brinca, a menos que a mana diga que posso brincar.

By: Soberano Canhanga
Novembro 2004

2 comentários:

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

I'm now not certain where you're getting your information, but
good topic. I needs to spend some time finding out more or figuring out more.
Thanks for magnificent info I was searching for this info for my mission.
Here is my web-site ... casino onlinehttp://