Translate (tradução)

segunda-feira, março 16, 2015

EM KIMBUNDU TAMBÉM NOS ENTENDEMOS I

No seu "Manual de aprendizagem de Kimbundu"*, sem data, que me chegou às mãos em 1993, MULELE, diz que os substantivos comuns, em Kimbundo, subdividem-se em seis classes que fazem o singular e plural de forma distinta.


Ei-los, seguidos de exemplos nos dois números.
1- classe: mu-a (muthu-athu)- pessoa
2- classe: mu-mi (mundele-mindele) - branco
3- classe: ki-i (kima- ima; kyama-yama)- coisa; animal
4- classe: di-ma (dibengu-mabengu) - ratazana
5- classe: i-ji (ingo-jingo) - onça
6- classe: ka-tu (kambonga-tumbonga) - criança.
Nota: nesta obra, que suponho anterior ao alfabeto convencionado pelo Instituto de Linguas Nacionais, em 1984, o autor já usa K em vez que Q embora não transforme "U em W" e "I em Y" quando essas vogais se encontrem diante das demais vogais "a, e, i, o, u".
O autor explica ainda que "G", antes de "E e I",  terá sempre o som de "gue". Os sons portugueses equivalentes ao "ch" são representados pela letra "X".
* título de minha autoria pois o dactilografado de Mulele não  apresenta a capa.

4 comentários:

Fernando Ribeiro disse...

Na sua "Grammatica Elementar do Kimbundu ou Lingua de Angola", publicada em 1888-89, Heli Chatelain considera dez classes para os substantivos:

Classe I - mu-a
Classe II - mu-mi
Classe III - ki-i
Classe IV - ri-ma (Chatelain toma como prefixo desta classe ri em vez de di)
Classe V - u-mau
Classe VI - lu-malu
Classe VII - tu-matu (segundo Chatelain, nesta classe só existem as palavras tubia-matubia e tujola-matujola (=tesoura-tesouras))
Classe VIII - ku-maku
Classe IX - singular sem prefixo, plural ji
Classe X - ka-tu

"Soberano" Canhanga disse...

Ilustre Ribeiro,
recebe minha gratidão pelo contributo.
Faltaram apenas os exemplos de substantivos de cada classe.
Assim, nós, os aprendizes e curiosos, ficaríamos mais elucidados.
Sei que ainda pode voltar a contribuir.

Fernando Ribeiro disse...

Ilustre Canhanga, a gramática que referi pode ser consultada na totalidade online, através do link que forneci no meu comentário anterior.

É também possível descarregar a gramática toda para o nosso computador. Ela pode ser descarregada em formato PDF através do endereço https://ia801406.us.archive.org/13/items/kimbundugrammar00chatgoog/kimbundugrammar00chatgoog.pdf. Após uma introdução inicial da Google vem o livro todo.

Deve ser interessante comparar o kimbundu tal como está descrito nesta gramática de há cento e tal anos com o kimbundu atual. Talvez não haja muitas diferenças, a não ser na ortografia, claro está.

Um abraço

"Soberano" Canhanga disse...

Amigo F. Ribeiro,
Mais uma vez receba a minha gratidão pelo contributo ao saber universal.