Translate (tradução)

sexta-feira, agosto 15, 2014

FAIXA DO KAMARTELO

Quem vê as imagens reais ou fotográficas, a primeira ideia que lhe vêm à cabeça é sobre a Faixa de Gaza, no Oriente Médio.
Embora essa associação possa parecer deslocada há  algo de comparável entre o bairro demolido e a Faixa de Gaza.
Na faixa de Gaza os israelitas deitaram edifícios a baixo com suas mortais bombas e morteiros disparados por tanques.
Numa pequena faixa, em Luanda, entre Urbanização Nova Vida e vala do Katin-Ton, casas de chapa e prédios de ferro e concreto foram levados ao chão, ao que me disseram, obra da  fiscalização do Governo Provincial de Luanda, a favor da imobiliária.

Tudo quanto sei, a urbanização Nova Vida tem já mais de DEZ anos, não tendo aquelas construções (as de aço e betão) acontecido em uma noite, fora do alcance visual dos fiscais e demais interessados naquelas terras que dizem terem sido "invadidas" depois de se tornarem propriedade da imobiliária.
 
Só pergunto aos meus botões, por que deixam construir, seja de forma legal ou ilegal, para partirem as habitações quando as pessoas se preparam para festejar  o alcance da casa própria? Por quê?
 
E os escombros e os lamentos estão lá ainda presentes!

3 comentários:

Esqueci-o disse...

Bem k diz o ditado, "uma imagem vale mais do k mil palavras". Cadeh a foto!!!! Boa continuacao...

"Soberano" Canhanga disse...

Bem aventurados os que acreditam sem ver. Passe por lá.

"Soberano" Canhanga disse...

No meu blog não se impõe. Sugere-se e mostra-se (através de palavras e ou imagens). Não me escondo atrás de pseudónimos indecifráveis.
Meu tlf não faz imagens no escuro. Apenas por isso não captei a foto. Mas quem lê o jornal de Angola, pôde ver as imagens da zona arrasada. É obvio que o texto do J.A. teve outra feição, mas a foto publicada não desmente o que escrevi. Parei, conversei e ouvi choros e lamentos. Exercito nesta tribuna apenas o meu papel social e cívico.
Arrogante, eu?!
Deve ser a um outro soberano que se reporta.